2 de set de 2008

Lá vem ele

Em meio à polêmica sobre a criação de uma nova estatal para administrar os recursos do pré-sal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva exaltou a Petrobras nesta terça-feira, durante a cerimônia que marcou o início da produção na camada pré-sal, no Espírito Santo. Lula ressaltou que a Petrobras é a "mãe da industrialização do país", e que mãe é única.
"A Petrobras, coitadinha, vai ser abandonada, já dizia o José Sérgio Gabrielli (presidente da estatal). E eu achava tudo inusitado, porque era como se eu acordasse um belo dia e dissesse "a minha mãe já não presta mais. Vou arrumar outra mãe'. Mas mãe é única. E a Petrobras é a mãe da industrialização desse país".
Realmente não dá pra confiar nas palavras do presidente. Cada semana ele chega com um discurso diferente, até alguns dias, era o maior defensor de uma nova estatal. Mas já não estamos mais dando muito crédito a esses discursos improvisados, prova disso: mesmo após suas inflamadas argumentações, as ações da Petrobras fecharam em baixa!

Nenhum comentário: