9 de set de 2008

EUA erra, o mundo paga.

O preço da moeda norte-americana atingiu nesta terça-feira seu nível mais alto desde o fim de janeiro. O dólar comercial foi cotado a R$ 1,772. Somente neste mês, a taxa de câmbio valorizou 8,4%, sem dúvida foi o melhor investimento do mês.
Já o IBovespa caiu 4,5% e atinge os 48.435 pontos, ou seja, igual a agosto do ano passado.

Mas, cá entre nós, você acha mesmo que essas quedas da bolsa são sustentadas? Dólar subindo, consumo crescendo, aumento do preço dos commodities, tudo isso é ótimo para as empresas brasileiras (salvo o aumento dos juros). Se tudo isso é ótimo, então, qual a base pragmática para essas quedas? Simples: com a crise externa, os investidores estrangeiros (que são maioria na Bovespa) tendem a retirar seus sagrados dinheirinhos da Bolsa brasileira, procurando mercados mais "confiáveis", com isso, o preço das ações caem e o investidor brasileiro se obriga a vender também suas ações para não perder dinheiro, e assim a bolsa despenca cada dia mais. É uma pena que tenhamos que pagar pelo erro alheio.

Nenhum comentário: